Vai até o dia 21 de agosto o prazo de agendamento de perícia para 55 mil beneficiários do auxílio-doença convocados, na semana passada, por meio de edital publicado pelo INSS no Diário Oficial da União.  São beneficiários que recebem o auxílio-doença há dois anos ou mais sem terem passado por perícia médica no período. Estas pessoas não foram encontradas nos endereços informados no Sistema Único de Benefícios e, por isso, não receberam as correspondências enviadas pelo instituto. 

O Ministério do Desenvolvimento Social considera o beneficiário como notificado após o prazo de 15 dias da publicação do edital. Passado esse período, os convocados têm mais cinco dias para ligar no telefone 135 e agendar a perícia médica. 

O agendamento é obrigatório e deve ser feito exclusivamente pelo telefone. Não é preciso ir até uma agência do INSS para fazer a marcação da perícia.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, o pente-fino adotado pelo governo faz parte de um processo de aperfeiçoamento da gestão dos programas sociais e benefícios. O objetivo é garantir que os recursos públicos cheguem a quem realmente precisa. 

A lista com os nomes dos beneficiários convocados pelo INSS está disponível no site do Ministério do Desenvolvimento Social: www.mds.gov.br.

Fonte: MDS/Reportagem, André Luiz Gomes